Pesquisar este blog

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Estranhas marcas no solo intrigam moradores de Santo Ângelo (RS)

Santo Ângelo - Data: 26/03/1997 - Estranhas marcas encontradas no dia 28 de fevereiro, sexta-feira, em propriedades rurais próximas ao Aeroporto Regional Sepé Tiarajú, a 11 km da cidade de Santo Angelo, no Rio Grande do Sul, estão intrigando os moradores. Em dois locais, na plantação de milho da família Porazzi e na área de pasto vizinha, pertencente à empresa Frangomil, a vegetação foi encontrada amassada do centro para fora, formando figuras circulares. Uma delas, na área da Frangomil, chega a medir 300 metros quadrados.
O gerente da Frangomil, Arno Ari Dresch acha que algo tentou pousar ali e não conseguiu. Ao jornal "Correio do Povo", ele declarou: "pensamos em um helicoptero, mas as hélices bateriam nos postes de alta tensão". O misterioso fenômeno foi relacionado pelos moradores à ocorrência de grandes luzes fazendo evoluções no ceú da região e sons estranhos nas três noites anteriores à descoberta.
Pesquisadores da Associação Brasileira de Pesquisas Ufológicas (ABPU) visitaram o local no dia 1º de março e ficaram convencidos de que as marcas não são resultado de nenhuma aeronave convencional ou fenômeno natural conhecido.
A primeira aparição de um objeto não identificado teria ocorrido no dia 25 de fevereiro, terça-feira. Segundo a dona de casa Vanda Polanski, de 42 anos, que mora a 300 metros do local onde estão as marcas, "estávamos assistindo a novela quando ouvi um barulho estranho, semelhante a motor de moto ou de carro em ponto morto. Fui olhar e me assustei. Havia uma luz grande e depois várias outras menores e vermelhas, que subiram até desaparecer".
Ainda na terça-feira, a vizinha dos Polanski, Claudete Porazzi, de 55 anos, sua filha, Lisiane, de 26 anos, e sua sobrinha de 14, também testemunharam o fenômeno. "Escutamos um barulho. Parecia que um helicóptero estava caindo. Nós todos saímos da casa para ver o que estava acontecendo e vimos primeiro um clarão de cor laranja saindo por detrás do galpão. Logo após, várias luzes vermelhas subiram e desapareceram depois de ultrapassar a altura dos eucaliptos. Eram bolas muito grandes e formavam um triângulo". Segundo declarou, conseguiu distinguir seis esferas muito luminosas fazendo evoluções a altas velocidades.
A equipe de pesquisadores da ABPU, presidida por Henán Emannuel Neves Mostajo, encontrou também pegadas aparentemente de pés pequenos, com calcanhares e três dedos. Foram recolhida amostras de terra, vegetais e tirados moldes de gesso das pegadas. Segundo o ufólogo Hernan Mostajo, o material para analise foi encaminhado a pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e da Universidade Federal de Santa Maria. Mostajo contou que, no ano de 1996, a ABPU registrou centenas de relatos de avistamentos de UFOs no Rio Grande do Sul, tendo prováveis casos de pouso nas cidades de Machadinho, Tenente Portela e Dom Pedrito

Fonte: Vigilia
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...